728x90_2021

ARTRONIC- PRINCÍPIO DE FUNCIONAMENTO

Destaques

MKC ARTRONIC – PRINCÍPIO DE FUNCIONAMENTO

Este equipamento permite a filtragem adequada do ar poluído.

O MKC ARTRONIC submete o ar contaminado à ação dos filtros precipitadores electroestáticos.

As partículas carregadas eletricamente, sujeitas a um campo elétrico, são atraídas para os eléctrodos, que criam esse campo e são depositadas sobre eles.

ARTRONIC

O que é? Cuidados a ter na seleção e manutenção.

Um precipitador eletrostático, também conhecido como um filtro de ar eletrostático, é um equipamento de filtragem eficaz no controlo da poluição. O sistema de Filtragem Eletrostática captura os poluentes, retém as partículas e libera o ar limpo para a atmosfera.

Num sistema eletrostático, o processo de filtração das partículas ou poluentes do ar começa com o processo de ionização, no qual as partículas são carregadas eletricamente. De seguida, as placas dos coletores atraem as partículas carregadas, que são retidas e neutralizadas antes de serem liberadas para um tabuleiro de recolha. É, por isso, imprescindível implementar um rigoroso processo de limpeza sistemático, o que poderá ser minimizado em sistemas com Auto-Manutenção, como o conhecido ARTRONIC MKC SELAI.

Os sistemas de filtragem eletrostática são normalmente muito eficientes, sendo capazes de recolher a maior quantidade (cerca de 99,9%) das partículas presentes no ar. Mas há quatro fatores geralmente afetam a máxima eficiência de um precipitador eletrostático, que podemos resumir nos seguintes:

  1. o dimensionamento do precipitador eletrostático,
  2. a eficiência do mecanismo que recolhe as partículas dado um determinado volume de ar,
  3. a composição química das partículas a serem precipitadas e
  4. a tensão fornecida pelo sistema de alimentação para o campo elétrico.

Os equipamentos MKC são produzidos com base em muita investigação e ensaios em casos reais de aplicações complexas, ao longo de mais de 18 anos desde o lançamento do seu primeiro sistema.

Atenta a este facto, a MKC dispõe atualmente de quatro modelos diferentes para o mesmo caudal, que vão desde modelo base C, ao complexo modelo SELAI, passando pelos modelos profissionais P1 e P2. Nestes modelos variam as suas características em função dos objetivos de filtragem, nomeadamente as características da ionização (tensão fornecida ao sistema) e os coletores (responsável pela recolha das partículas e que é determinante para a eficácia do sistema).

ARTRONIC – Anomalias

Há várias situações que poderão afetar o rendimento da filtragem eletrostática. Pode ser necessário analisar o funcionamento e o desempenho do sistema, com o objetivo de se tomar a decisão sobre a sua manutenção, reparação, reconfiguração ou substituição do sistema de filtragem eletrostática.

A eficácia do equipamento pode-se deteriorar com o tempo, com o uso intensivo, após frequentes utilizações. É por isso necessário ter em atenção a sua manutenção.

A sua revisão do sistema de filtragem eletrostática é aconselhada se houver alterações no tipo e no volume de produção.

Subscreva a nossa Newsletter

Fique a par das mais recentes novidades da CLIMAPORTUGAL